Debate e reflexões para o enfrentamento ao racismo no Dia da Consciência Negra | Colégio Salesiano Nossa Senhora da Vitória

Notícia



Debate e reflexões para o enfrentamento ao racismo no Dia da Consciência Negra


Ensino Fundamental II e Médio

No Dia da Consciência Negra, a comunidade educativa do Colégio Salesiano Nossa Senhora da Vitória refletiu sobre o enfrentamento ao racismo por meio de debates e com muita informação. O simpósio Bora Falar de Negritude, promovido pela Pastoral Juvenil Salesiana, envolveu alunos, educadores e especialistas nas discussões temáticas que aconteceram pela escola.

Assuntos como o processo histórico de exclusão do negro no contexto social, direitos humanos e a promoção da igualdade racial, a inculturação do carisma salesiano foram abordados por convidados como o secretário municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Bruno Toledo, o vigário episcopal para Ação Social, Política e Ecumênica da Arquidiocese de Vitória, Pe. Kélder Brandão, a psicóloga Luana Mattanó, o diretor de Pastoral da Presença Salesiana de Vitória, Pe. Adenilson Lopes Rubim e os professores Ezimar Bravim e Patrique Santos.

Para o estudante da 1ª série do Ensino Médio, João Guilherme dos Santos, o momento foi muito importante para entender como o racismo surge na sociedade e como enfrenta-lo. “Nós refletimos sobre nossas ações e como elas podem ser positivas ou negativas. Acho que a escola tem trabalhado e contribuído de positiva na conscientização sobre o tema”.

A visão mais consciente sobre as questões raciais foi um dos pontos destacados pelo aluno Lucas Binotte. “Muitos não têm consciência do que as pessoas negras passam. Ter uma conversa como essa com pessoas que entendem do assunto foi ótimo, principalmente nessa data”, afirmou.

Comente esta notícia